• Marisa Nascimento

Aceitação do parceiro

Depois da paixão, a relação começa a significar outra coisa, algo como: "Agora estou vendo melhor quem você é, e já não mexe tanto comigo, mas o suficiente para eu o escolher e seguir um caminho comum em alguma direção (ou não, e nesse caso escolho ir embora).


Aqui, a relação deixa de ser um movimento incontrolável e passa a ser uma escolha, ao mesmo tempo que um olhar cada vez mais próximo da realidade de como é o outro em todas as suas dimensões e imperfeições. E com a escolha há uma aceitação: "Eu o aceito desse jeito, com sua história, seu passado, suas origens, seus vínculos anteriores, seus filhos, etc. Aceito-o com seus valores, medos, estilo afetivo, emoções, feridas, talentos etc., e assumo a alegria e também o custo que implica um vínculo profundo na alma com você,e o amo assim."

0 visualização
Assine e atualize-se

Rua Joaquim Marcelino Leite, 265 - Jardim Interlagos - Hortolândia, SP - CEP: 13186-642

 

Tel: (19) 98284-8882

©2020 MARISA TERAPIAS