• Marisa Nascimento

Como ter uma "DR" sem brigar

Quando a conversa vira briga e os ânimos se exaltam, dificilmente os problemas se resolvem, o que levará o casal a ter uma nova conversa sobre o assunto. O problema está no fato de que tal conversa tem grandes chances de sair do controle novamente, e nesse ciclo o casal estará sempre precisando conversar e, inevitavelmente, brigando.


Porém, obviamente, as DRs não podem virar uma rotina! Além disso, é importante dizer o que se pensa sem ofender ou perder a cabeça. Nenhuma relação sobrevive à dureza das palavras ditas no calor de uma discussão exaltada.


Diversos são os problemas pelos quais o casal pode estar passando, cada um com seu nível de complexidade. É impossível desenvolver fórmulas mágicas para que a conversa não saia do escopo, mas é possível expor algumas dicas para que a discussão aconteça de forma harmônica, calma, com menores chances de se tornar uma forte briga:


1. Nunca ACUSE

Nunca comece uma discussão acusando o seu amor de ter feito algo errado. Não tem nada mais desagradável do que cobranças. Afinal de contas, qual das duas frases soa melhor no meio de uma discussão: “Me sinto muito mal quando você não me inclui nos seus programas” ou “Você é muito egoísta”.

Se você escolheu a primeira opção, parabéns! Você já entendeu perfeitamente o que é uma discussão construtiva. Se não, vamos tentar ser mais claras: não seja agressivo ao expressar seus sentimentos. Respire fundo e expresse seus mais profundos incômodos, com amor.

2. Escolher bem o MOMENTO de começar a DR

Se você está há dias pensando em como dizer algo que está te incomodando, aguente um pouquinho mais. Não adianta nada começar a discutir no meio de um engarrafamento logo de manhã cedo indo para o trabalho. O importante é vocês dois estarem relaxados e que você tenha a atenção do outro. Portanto, espere até o fim do dia. Exercite a paciência, saiba esperar o momento ideal!

3. DR em público JAMAIS!

Já diz o ditado popular que “roupa suja de se lava em casa”. É a mais pura verdade! Para que envolver pessoas que não têm nada a ver com a intimidade de vocês nos seus problemas? Seja inteligente. Prefira a intimidade do lar ou um lugar reservado onde somente vocês dois possam escutar a voz um do outro sem precisar se exaltar.

4. Aprenda a ESCUTAR

Você pode até começar a discussão e introduzir o assunto. Mas deixe o outro falar como se sente também e, principalmente, escute o seu amor. Não adianta nada bombardeá-lo com um monte de reclamações e não escutar as razões dele.

5. Pense bem ANTES de começar a DR

Mais importante do que pensar no que você gostaria de dizer, é fazer uma reflexão antes. Será que vale a pena uma discussão por isso? Pense bem se compensa mesmo, você tocar em determinado assunto, provocar um enfrentamento e o consequente desgaste. Só comece se tiver certeza de que é o último recurso para resolver aquela pendência.

6. Aprenda a pedir DESCULPAS

Todo mundo se equivoca. O importante é reconhecer a culpa em nome da paz e do amor.

7. BOM HUMOR sempre

Uma das melhores maneiras de terminar uma discussão é dando boas risadas! Isso nem sempre é possível, mas de vez em quando acontece algo hilário e rir é inevitável! Então, aproveite e pare por aí. Aprenda a preservar o bom humor mesmo quando a temperatura estiver fervendo e o seu sangue beeeeem quente!

8.Golpe baixo está PROIBIDO

Se vocês estão discutindo sobre um problema entre vocês dois, não há razão de mencionar o fato dele ter alguma diferença com o pai ou a mãe. O problema é entre vocês dois, portanto, não tente atingi-lo mencionando outros problemas existentes. Você só vai piorar as coisas e alimentar a raiva dele.

9. Nem VENCEDORES, nem VENCIDOS

É verdade que quando um não quer, dois não brigam. E, muitas vezes, a única maneira de terminar uma discussão é cedendo. Não vá até as últimas consequências apenas para dizer “viu só?”. Deixe claro seu ponto de vista, mas se perceber que o outro não está ouvindo, melhor deixar para outro momento e encerrar por aí a discussão. Com certeza, ele vai pensar bastante no assunto enquanto você não estiver falando e ficará mais fácil para ele dar o braço a torcer do que se você ficar insistindo para provar que sempre tem a razão.

Com essas regrinhas esperamos que você consiga dar o seu recado sem comprometer a sua relação. Discutir faz bem para o casal, mas é importante ter critérios para que esse diálogo duro e tenso evolua. Lembre-se de que o melhor da briga vem depois: quando vocês fazem as pazes. E isso só é possível se a discussão servir para expor seus sentimentos sem ofender o seu amor.

0 visualização
Assine e atualize-se

Rua Joaquim Marcelino Leite, 265 - Jardim Interlagos - Hortolândia, SP - CEP: 13186-642

 

Tel: (19) 98284-8882

©2020 MARISA TERAPIAS