• Marisa Nascimento

Cuidar de si mesma


A mulher traz consigo uma tendência nata do cuidar, mas principalmente, do cuidar do outro e na grande maioria das vezes esquece de cuidar de si mesma.


A mulher tem uma habilidade em abraçar o cuidado dos filhos, do esposo, dos pais, irmãos, amigas, vizinhas, animais de estimação, mas ela esquece que antes de cuidar do outro, ela deve cuidar de si mesma e estar bem física e emocionalmente.


Autocuidado é cuidar da higiene pessoal, da aparência, sim, mas muito mais que isso. É ter amor próprio. É reconhecer seus limites, saber se respeitar. É saber falar não, saber quando se deve parar e saber identificar quando você precisa de ajuda.

O autocuidado abrange muitas esferas que se relacionam com o bem-estar, como por exemplo as necessidades, as emoções, a saúde, os comportamentos, os valores, etc. Estamos falando de tudo aquilo que permite melhorar a nossa qualidade de vida e que não prejudica os outros. Por isso, é fundamental que o corpo e a mente formem uma unidade.


Investir em autocuidado é algo que pode ser feito com pequenas ações, como manter as consultas médicas em dia e se afastar de ambientes e pessoas que fazem mal. Se cuidar deve ser prioridade para quem busca se preservar e cultivar uma boa qualidade de vida.

É importante ter em mente que quem pratica o autocuidado não vai estar sempre bem e, sim, que essa pessoa, por meio da autoanálise, entende seus confortos e desconfortos, busca compreender o que os causam e escolhe quando e como agirá em relação a algo que a incomoda.


O ato de tocar o próprio corpo e reconhecer a si mesma, assim como ler, cantar, dançar, mobiliza boas energias para o corpo e para a mente. E fazer isso também de forma coletiva é importante, de modo que se possibilite conversas que tornem menos doloridos os sofrimentos e que tornem mais prazeroso falar sobre alegrias e prazeres. Estamos em tempos tão individuais e agressivos que coletivizar se faz necessário.

Cuidar de si deve ser um comportamento natural e essencial de todo ser humano, já que este é determinante para viver no mundo. O autocuidado é uma atitude para responder às nossas necessidades, sejam de caráter intelectual, físico, espiritual, emocional, etc. Não podemos ignorar o fato de que é essencial aprender a cuidar de nós como a base do cuidado que iremos oferecer aos demais.


Como começar a praticar o autocuidado (pra valer)

Então, agora que você sabe a importância do autocuidado — e quais práticas de autocuidado você precisa começar a incorporar no seu dia a dia —, vamos falar sobre como fazer isso acontecer "pra valer".

Se atualmente você não está colocando o conceito de autocuidado em prática, aqui estão algumas dicas para começar a incorporar consistentemente o autocuidado na sua rotina diária de trabalho (e de cuidados pessoais!):

1. Comece com passos pequenos

O propósito do autocuidado é sentir que você tem mais — não menos — tempo e liberdade para fazer as coisas. Então, a última coisa que você quer é que o autocuidado seja apenas mais um item na sua interminável lista de tarefas diárias.

Se a ideia de reservar um tempo para você parece assustadora, comece com algo pequeno. Você não precisa de horas todos os dias para cuidar de si — apenas alguns minutos de autocuidado todos os dias podem ter um impacto enorme.

2. Marque um encontro... com você!

A rotina do autocuidado não vai simplesmente acontecer — você precisa fazer com que ela aconteça. Agende o autocuidado no seu calendário como se fosse qualquer outro compromisso importante, e então trate-o com essa importância, sejam quais forem as circunstâncias.

3. Experimente novas práticas de autocuidado

Você pode passar por um pouco de tentativa e erro até encontrar as práticas de autocuidado que vão trazer os maiores benefícios para o seu trabalho, sua produtividade e sua vida. E tudo bem! Não existe uma abordagem única para o autocuidado. “É a variedade. Não é fazer uma coisa só. É fazer muitas coisas.”

Coloque-se à disposição para experimentar novas práticas de autocuidado, tanto longas quanto curtas. Se algo fizer você se sentir melhor e realizar mais coisas? Ótimo — acrescente à sua rotina. E se não fizer? Não se preocupe — enxergue a experiência como pesquisa e siga em frente para a próxima tentativa.

Praticar o autocuidado gera todo tipo de benefício para sua saúde física, mental e emocional — e também pode transformar você em uma potência da produtividade. Então, o que você está esperando? Domine sua mentalidade, coloque-se em primeiro lugar e comemore ao conseguir fazer mais coisas como consequência de colocar o que é o autocuidado em prática!

2 visualizações
Assine e atualize-se

Rua Joaquim Marcelino Leite, 265 - Jardim Interlagos - Hortolândia, SP - CEP: 13186-642

 

Tel: (19) 98284-8882

©2020 MARISA TERAPIAS